5 lugares para conhecer na Serra Catarinense:

Geralmente quando pensamos em viajar para Santa Catarina, automaticamente já pensamos nas belas praias, não é mesmo?
Com certeza as praias de Santa Catarina são maravilhosas, mas hoje viemos falar de outra região do estado: a serra. A região é campeã em baixas temperaturas e conta com paisagens surpreendentes. Venha conferir 5 lugares imperdíveis para visitar na Serra Catarinense: 

1- Serra do Rio do Rastro
A opção mais incrível para quem vai do Rio Grande do Sul para a região serrana de Santa Catarina, é sem dúvidas subir a Serra do Rio do Rastro. Eleita pela revista Espanhola 20minutos.es como: "A Estrada Mais Espetacular do Mundo", a Serra do Rio do Rastro é um dos maiores cartões postais do Estado de Santa Catarina e está situada entre as cidades de Lauro Muller e Bom Jardim da Serra.

São mais de 250 curvas em poucos quilômetros de extensão e uma altura que permite uma vista privilegiada. Em alguns trechos, a estrada chega a altura de 700 metros e uma altitude de quase 1,5 mil metros em relação ao nível do mar. Ao longo da rodovia, há vários pontos de paradas que permitem apreciar a imponência da Serra. No mirante mais alto é possível enxergar a dimensão e as curvas da estrada.

 

Serra do Rio do Rastro Serra do Rio do Rastro                                                                                   Serra do Rio do Rastro Serra do Rio do Rastro

 

2 - Morro da Igreja
O Morro da Igreja é o local com maior registro de neve do país. Mesmo durante o verão, o local apresenta temperaturas baixas. Nele foi registrado, em 1996, o recorde de temperatura oficial mais baixa do Brasil: - 17,8 ºC! Impressionante, não é mesmo?


O Morro da Igreja tem cerca de 20 km de extensão e fica a mais de 1.800 metros de altitude. A vista lá do topo é impressionante. Sem dúvidas, um dos lugares mais lindos do Brasil. Do alto do Morro da Igreja é possível avistar a Pedra Furada, uma formação natural de rochas. Ela está bem em frente ao morro e ajuda a compor a bela paisagem.

Morro da Igreja Morro da Igreja

3 - Cascata do Avencal
Qualquer imagem será incapaz de mostrar o que você verá no Morro do Avencal: uma impressionante queda d’água com 100 m de altura. É possível chegar à cachoeira por cima ou por baixo (de carro até certo ponto e fazendo uma trilha de 15 minutos depois). 

Por cima, é possível conhecer a cascata através de 2 parques, cada um com suas características. Chega-se primeiro ao parque da direita, seguindo mais alguns metros à esquerda se chega ao outro parque. 
O destaque do primeiro parque é o mirante com piso de vidro que fica ao lado da cachoeira. O mirante avança uns 5 metros sobre o penhasco e causa um certo medo nos primeiros passos, mas é sem dúvidas um cenário imperdível. 

Cascata do Avencal  Cascata do Avencal   

Cascata do Avencal  Cascata do Avencal

Já o parque que fica no lado esquerdo, conta com uma vista frontal da Cascata, além de oferecer algumas opções de atividades, como trilhas, tido ao alvo, arvorismo, tirolesa e rapel. Conta também com lanchonete, banheiros e uma pousada.

Cascata do Avencal Atividades Parque do Avencal

4 - Cachoeira Véu de Noiva
Ao visitar o Morro da Igreja você pode aproveitar para conhecer outra atração muito bonita, a Cascata Véu de Noiva, cujo acesso fica ao longo da estrada que sobe o morro. A Cascata Véu de Noiva possui 62 metros de altura. Não há queda livre, a água escorre pelo paredão de pedras. Quando a vazão de água é maior, a espuma branca faz lembrar um grande véu de noiva - por isso o nome.

Ela é muito mais alta do que parece ser pelas fotos e é possível chegar bem pertinho para apreciar a beleza dessa cascata.

 Cascata Véu de Noiva  Cascata Véu de Noiva

Dica extra: seguindo uma trilha que está após a Cachoeira Véu de Noiva, você encontrará outra cascata e um parque, onde é possível realizar uma tirolesa dividida em duas etapas e que cruza por cima do vale. Uma visão (e experiência) ímpar. Vale a pena conferir.

Urubici  Urubici

5 - Serra do Corvo Branco
Menos conhecida que a Serra do Rio do Rastro, a Serra do Corvo Branco está situada na divisa das cidades de Urubici e Grão Pará. A Serra do Corvo Branco possui o maior corte em rocha no Brasil, com 90 metros de profundidade. A sensação de estar em meio aos paredões é única.

As curvas fechadas e a pequena largura da estrada remetem imediatamente ao tempo em que a estrada era conhecida como "a mais temível" de todo o Brasil. O tempo passou e ela não perdeu sua imponência. Vale a pena conferir de perto!

Serra do Corvo Branco  Serra do Corvo Branco   
 
Serra do Corvo Branco  Serra do Corvo Branco

Bônus: Morro do Campestre
Localizado a 8km do centro de Urubici, o Morro do Campestre possui formação rochosa de arenito em forma de arco. Com certeza uma das mais belas vistas do vale do Rio Canoas. O que mais chama a atenção é a passagem entre as rochas que parece uma porta ou janela e que pode ser vista de longe. A estrada de acesso ao local passou por melhorias, então o acesso está muito mais fácil.
Muitas pessoas visitam o local ao entardecer para apreciar a bela vistta. As fotos não fazem jus a beleza do local. Vale a pena conferir pessoalmente, você vai se surpreender.

 

Morro do Campestre  Morro do Campestre


Morro do Campestre  Morro do Campestre

E você, já conheceu a região?
Qual local mais impressionou?

Compartilhar